Artigos recentes

"Segunda Opinião" #66- "Cá Por Casa": a diversidade tem as portas abertas!


Estreada a 29 de setembro de 2014, "Segunda Opinião" é uma parceria com o site Fantastic Televisão, onde todas as semanas é abordado um assunto do mundo televisivo.


Estreado a 21 de setembro deste mês, o programa "Cá por Casa" é a nova aposta da estação pública na área do entretenimento. O programa junta Herman José, Maria Rueff e muitos momentos de humor, entrevistas, dicas de culinária e música. 

O formato aproxima-se de "Herman 2011", mas agora de um modo mais "caseiro" e atual, trocando o habitual estúdio por uma "casa" acolhedora, onde até temos uma cozinha funcional, um sofá e um piano. Tudo isto contribui para um bom programa, onde não falta boa disposição.

Herman José assinou a autoria do programa e assume também a apresentação, o que vem mais uma vez mostrar o seu profissionalismo e talento. O formato foi feito à sua medida e o apresentador conseguiu dar-lhe vida. Todos os seus adereços, como o piano ou o sofá e o facto de este ter uma empregada (Maria Rueff) mostram que tudo foi pensado ao pormenor para criar algo diferente. Os convidados também são um dos pontos fortes do formato, sobretudo pela diferença. Todos trazem histórias para contar e são, na maioria, pessoas que se cruzaram com Herman e relembram momentos passados que nos causam até alguma nostalgia e saudades.

"Cá Por Casa" surge quando terminou o "5 Para a Meia-noite", o único talk show noturno das generalistas. Este é um programa alternativo, que traz a estúdio bons convidados e que se afasta das novelas das privadas. A RTP conseguiu criar um bom formato, apesar das fracas audiências. Ainda assim, o programa de Herman sabe a pouco, visto que só é transmitido às quartas-feiras e conta com uma hora de duração. Este seria uma boa aposta diariamente, logo depois do "The Big Picture". Certamente que o público iria aderir mais ao formato, pois este está mais habituado a programas diários.

A RTP "pecou" também por emitir o programa gravado, uma vez que perde um pouco a magia do que é a televisão, com os contratempos e as falhas. Se fosse transmitido em tempo real, a RTP poderia aproximar mais o formato do espectador e recriar um pouco o que se faz lá fora, com grandes talk shows em horário nobre, que preenchem as noites de segunda a sexta.

"Cá Por Casa" foi criado por Herman, como já referimos, e nota-se aqui algumas semelhanças com o extinto "Há Tarde", apresentado também por Vanessa Oliveira. A cozinha, o piano e posicionamento do cenário fazem-nos lembrar aquele que foi um dos talk shows mais marcantes, apesar do pouco tempo que esteve no ar. Quem olha para o estúdio do programa sente saudades do vespertino e sem dúvida deseja o seu regresso. O canal poderia ter juntado de novo Vanessa e Herman neste formato, seria uma boa aposta. A dupla tem muita química e visto que a apresentadora está sem projetos, seria uma mais valia.

Espera-se que "Cá Por Casa" vá ganhando adeptos, ou então não passará de mais um bom programa a sair pela porta dos fundos.


Por: Marco Filipe (Diário da TV) 
Uma rubrica com a parceria do "Fantastic Televisão"

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.