segunda-feira, 23 de abril de 2018

"Segunda Opinião" #120- "Vidas Opostas": Uma lufada de ar fresco na ficção?

Estreada a 29 de setembro de 2014, "Segunda Opinião" é uma parceria com o site Fantastic Televisão, onde todas as semanas é abordado um assunto do mundo televisivo.
Estreou a 9 de abril a mais recente aposta da SIC na ficção nacional. "Vidas Opostas" é o nome da telenovela que junta Sara Matos e Joana Santos como protagonistas de uma história de enganos. Tem como ponto de partida a história de Marco (Renato Godinho), um homem que mantém uma vida dupla. Por um lado é casado com Eva (Joana Santos) e, por outro, namora com Maria (Sara Matos), a mãe da sua filha. A grande diferença em relação ao que se costuma ver noutras produções do género, é que em na trama nem tudo é o que parece.

O núcleo principal não é constituído por um casal apaixonado e por um antagonista que os tenta separar, mas sim por duas mulheres enganadas e que se vêm forçadas a mudar toda a sua vida por causa de um homem. Claro que algumas premissas habituais em telenovelas estão lá. As mortes, os segredos, os negócios ilícitos, o poder ou os amores à primeira vista são exemplos de linhas narrativas que acabam por estar, de uma forma ou de outra, nas produções de ficção.

O elenco de "Vidas Opostas" é composto por uma grande camada de jovens atores, alguns deles em estreia na televisão - algo que já vinha a acontecer em "Espelho D'Água" ou "Rainha das Flores" e que cada vez é mais recorrente na ficção da SIC. Do elenco mais experiente destacam-se nomes como Maria João Luís, Ana Padrão, Diogo Amaral, João Jesus, Maria d'Aires ou Ricardo Carriço, entre muitos outros.

Tecnicamente, a fotografia da telenovela continua a provar que o cuidado com a iluminação e os decores são cada vez maiores na SP Televisão. Embora a velocidade de produção seja muito maior do que no cinema e os meios técnicos sejam diferentes, o que é certo é que tem havido um esforço suplementar para aproximar a imagem das telenovelas da linguagem cinematográfica. O resultado parece ser mais flagrante nas telenovelas da SIC e "Vidas Opostas" mostra-se superior ao que se fazia em "Espelho D'Água" e na linha de "Paixão".

"Vidas Opostas" ainda não se conseguiu impor nas audiências e tem mantido o segundo lugar no seu horário. Com a mudança de horário - nos primeiros episódios a novela competiu diretamente com a campeã de audiências "A Herdeira" - espera-se que a novela da SP Televisão suba os resultados e que consiga aproximar-se e até destornar "Jogo Duplo", que já se deixou vencer por "Espelho D'Água" ao longo das últimas semanas.

Nas primeiras duas semanas de exibição, a telenovela da autoria de Alexandre Castro trouxe amor, drama, comédia e muita acção às noites da SIC. O ritmo da narrativa manteve-se e as expectativas são, para já, elevadas. "Vidas Opostas" promete surpreender e poderá ser acompanhada até ao início de 2019, no horário nobre da SIC.

Por: André Pereira (Fantastic TV)
Uma rubrica com a parceria "Fantastic Televisão"    

Partilhe esta notícia

0 comentários: