domingo, 18 de março de 2018

"Diário da TV" #18 | Genérico do "Secret Story 7": Análise


A TVI apresentou no último domingo o novo genérico do "Secret Story 7". A nova apresentação recupera a musica da primeira edição do reality show, interpretada por Angélico Vieira e Diana Monteiro.

O objetivo é recuperar a tradição do formato até à quarta edição- apresentada por Teresa Guilherme- que mostrava todos os concorrentes numa situação misteriosa, que poderia ou não estar ligada ao seu segredo.

Este novo genérico traz como primeira concorrente Joana C., que se mostra com um chupa-chupa gigante na mão. Pensa-se que a concorrente esconda o segredo: "Entrei na casa antes de todos os concorrentes" e na apresentação, também entrou primeiro que todos os outros.

Em segundo plano aparecem os irmãos João e Pedro, que entraram na casa como um pack, ou seja, quando um era nomeado o outro ficava automaticamente nomeado também. Apesar disso, ambos jogam agora individualmente.

Já Margarida, mostra-se como um anjo e em seguida um diabinho, interligando com o seu segredo: "Escrevi dois livros sobre a minha vida sexual".

Depois chega Bruno, envolto de chamas. O concorrente guarda o segredo: "Vivi 7 anos num país em guerra". Nota-se mais uma vez a intenção da TVI em dar pistas sobre os jogadores.

Carina, que é "A Chave do túnel dos segredos", chega com uma mala de dinheiro na mão, representando o poder que tem no jogo.

O casal Gabriela e César aparecem no mesmo plano, dando a entender que estão ligados- apesar de terem segredos separados.

Em seguida temos Luan, que chega com a bandeira de Portugal e Brasil na mão. A imagem simboliza a sua união com Tiago, pois os concorrentes escondem o segredo: "Somos casados".

Veja agora o vídeo:





Por: Filipe Vilhena

Partilhe esta notícia

0 comentários: