domingo, 1 de outubro de 2017

"Diário da TV" | Genérico d' "A Herdeira": Analise


A nova novela da estação de Queluz de Baixo já estreou e, para além da peculiaridade da história- que se centra no povo cigano-, temos também um genérico diferente do que o canal nos tem habituado, apesar de continuar a mostrar as personagens da história, algo que tem sido recorrente nas últimas tramas.

A verdade, é que a TVI usou a sensualidade dos dois rostos femininos principais para desenvolver a abertura da trama. Kelly Bailey aparece de branco a dançar e Rita Pereira de vermelho, numa espécie de duelo, onde por trás de ambas temos um grupo de bailarinos que está vestido de preto, de modo a centrar a visibilidade nas atrizes. Foi uma boa aposta, que se adapta à história que a novela conta.

Apesar disso, o genérico poderia ter sido melhor explorado, com a captação de mais confronto entre as personagens de Rita Pereira e Kelly Bailey. No final era esperado um foco maior entre as duas também, pois a passagem que o genérico apresenta do "combate" de danças para o aparecimento do logotipo não tem muita ligação.

O ideal seria assim uma imagem final de ambas a olharem-se nos olhos, de modo a realçar o confronto que ambas vão ter durante o decorrer dos episódios.

O facto de aparecer populares a dançar tirou um pouco a 'sensualidade' e beleza das imagens, pois eles estavam em outro ritmo e não havia razão para aparecerem. A ideia do canal era mostrar que a novela é feita por todos, mas se inserissem os populares em outro alinhamento teríamos melhores imagens.

Muitos esperavam a presença de Lourenço Ortigão no genérico e ficaram desiludidos, mas tal só mostraria que esta seria apenas mais uma novela que se centra numa história de amor. Foi uma boa opção da TVI em deixar apenas os rostos femininos em destaque.

A musica escolhida, no caso o famoso "Despacito" de Luis Fonsi, não foi utilizado da melhor forma, pois como vemos, a musica foi cortada 3 vezes durante o genérico e perdeu o seu alinhamento original. Seria melhor os responsáveis pelo canal 4 utlizarem outra parte da musica e não a cortarem.

À parte do genérico, a novela segue 'pasito a pasito' líder nas noites de segunda a sábado. Estão a gostar d' "A Herdeira"?

Por: Filipe Vilhena


Partilhe esta notícia

0 comentários: