sexta-feira, 1 de setembro de 2017

"Força de Expressão #1 | Construir o futuro é difícil?

© FOTO: Filipe Vilhena

A cada passo que damos, estamos a construir o nosso futuro. A cada segundo que passa, o futuro está mais perto. O futuro não é daqui a alguns anos, o futuro é agora. O futuro poderia ser chamado de hoje, porque a verdade é que hoje é futuro.

O futuro é um dos pensamentos que mais sono nos tira. As suposições do que pode vir a acontecer, os planos para atingir os objetivos delineados, as perguntas... Tudo isso é obra do futuro. Tudo isso nos faz passar de um cenário utópico para a mais horrível visão da nossa vida.

A verdade, é que existem algumas fases em que o conceito de futuro vai estar mais presente na nossa vida. É nessa altura em que temos que tomar decisões e definir caminhos, que vão influenciar o resto da nossa passagem por este mundo.

Uma das fases em que temos que pensar mais no futuro é na passagem do secundário para a faculdade. É quando somos os tais "seres de emoções desreguladas" (ou adolescentes!) que nos são impostas inúmeras decisões que podem ditar toda uma vida. Sim, é ai mesmo que temos que escolher que curso seguir; que faculdade ingressar; ver médias; procurar alojamento; fazer contas à vida; apostar na bolsa de estudos, entre muitos outros dramas, que na altura em que os vivemos parecem os piores.

É ingrata a forma como somos "jogados" ao mundo, muitas vezes sem informação, quer seja por parte dos pais (que não passaram por esta fase), quer seja por parte da escola, que nos deixa de lado, pois já não somos problema deles. Quem não tiver um amigo, um parente ou um conhecido simpático que lhe dê uma mãozinha nesta fase, terá um trabalho extra e certamente vai pensar no seu futuro muito mais vezes, criando novelas com muitas temporadas (como agora está na moda) na sua cabeça.

Contudo, esta fase da vida pode ser encarada como um "abre olhos" para o nosso futuro. Esta transição vai fazer-nos crescer, vai preparar-nos para os problemas que teremos que resolver enquanto profissionais. A preparação para a entrada na faculdade é como um choque que o senhor futuro nos dá.

Tal como tudo, as mudanças tem o seu lado negativo- na medida em que ocupam a nossa cabeça e nos fazem oscilar entre estágios de confiança e medo- e o seu lado positivo, pois não passam de uma experiência e todas elas nos fazem crescer e aprender.

O futuro não é mais do que uma prova da vida, pela qual lutamos todos os dias para superar. O futuro é sinal de vivacidade e independentemente de todos os problemas e dores de cabeça que nos traz, devemos agradecer por lhe termos acesso. Viva(m) o futuro.

Por: Filipe Vilhena

Partilhe esta notícia

0 comentários: