Artigos recentes

"Segunda Opinião" #70- "Secret Story 6": A pior edição?


Estreada a 29 de setembro de 2014, "Segunda Opinião" é uma parceria com o site Fantastic Televisão, onde todas as semanas é abordado um assunto do mundo televisivo.

  "Secret Story 6": A pior edição?

A sexta edição da "Casa dos Segredos" chegou à antena da TVI a 11 de setembro, sendo até agora a mais longa edição, com um total de 112 dias e 22 concorrentes. Teresa Guilherme é, mais uma vez, a cara deste programa, que em tempos anteriores era sinónimo de sucesso de audiências.

O formato regressou com pequenas alterações. Foi introduzida a "Casa de Vidro" (um local pequeno onde 3 concorrentes têm que viver durante uma semana), surgiram mais divisões secretas e os concorrentes, que apesar de serem uma novidade todos os anos, destacam-se nesta edição, uma vez que a TVI mudou a estratégia e escolheu candidatos ligeiramente mais velhos.

"Secret Story" tem uma premissa interessante e a primeira edição com Júlia Pinheiro conseguiu mostrar isso mesmo. Os concorrentes eram inteligentes, com objetivos de vida, tinham bons segredos, divertiam-nos. A produção também parecia outra, as missões atribuídas faziam sentido e serviam para meter o concorrente à prova.

Ao longo das edições fomos assistindo à deterioração do programa. Os concorrentes foram perdendo interesse, os segredos tornaram-se absurdos e sempre com "um dedo" da produção e as missões passaram a ter um único objetivo: causar ciúmes em A ou B. A sexta edição do formato apresentado por Teresa Guilherme mostra bem a queda de interesse da Casa que já foi dos Segredos. Assistimos atualmente à pior edição do programa, não só em termos audimétricos, mas também em conteúdo Os concorrentes foram das piores escolhas e nem o facto de serem mais velhos e mais maduros serviu para os tornar mais interessantes. Em jogo continuam 10 concorrentes e apenas dois ou três cativam o público. As expulsões são feitas por percentagens de maioria absoluta (na gala do dia 30 de outubro, por exemplo, a concorrente foi expulsa com 79%).

As excessivas brincadeiras e trocadilhos de Teresa Guilherme, as falsas expulsões ou as entradas de concorrentes a meio do jogo têm contribuído para o insucesso do programa. Tudo está mais do que visto para o público. Das novidades desta edição, todas perderam interesse, por culpa de todos os envolvidos na produção do formato.

Até dia 31 de dezembro vamos continuar a ter em antena o "Secret Story". E depois disso? Será que a TVI vai apostar em novos formatos? Porque o público precisa e merece isso, sobretudo pela confiança que tem dado ao canal, após anos a fio a liderar.


Por: Marco Filipe (Diário da TV)
Uma rubrica com a parceria do "Fantastic Televisão"

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.