Artigos recentes

"Duelos da TV" #17- "Grande Tarde" vs. "A Tarde é Sua"


Nesta segunda temporada, os "Duelos da TV" prometem surpreende-lo e prende-lo ao ecrã. Qual o melhor programa? É essa pergunta que vê respondida no final de cada edição.

GRANDE TARDE










Estreado a 6 de outubro de 2014 para substituir o "Boa Tarde" e levantar as audiências da SIC, "Grande Tarde" é um vespertino informal, com várias rubricas e surpresas e onde não falta a boa disposição dos apresentadores.

"Grande Tarde" é atualmente o segundo talk show mais visto das tardes. O programa marcou o regresso de João Baião à SIC e o regresso de Luciana Abreu à apresentação, depois de "Lucy" (2009). A Baião e Luciana junta-se Andreia Rodrigues, que se estreia na apresentação de um formato diário.

Os três apresentadores, no inicio, não revelaram grande cumplicidade uns com outros, principalmente os rostos femininos. A eterna "Floribella" revelava falta de técnica e gritava demasiado, fartando qualquer espectador. A Andreia passava completamente despercebida e, no meio disto tudo, havia o João, que tentava manter a "paz".

Atualmente, os apresentadores funcionam muito melhor. A Luciana revela bastante empenho e a cada dia melhora as suas técnicas. A Andreia parece ter encontrado o seu espaço nas tardes e o João, por fim, está mais à vontade com as suas colegas. O único "se não" desta equipa continua a ser a falta de cumplicidade entre as anfitriãs, que apesar de ter aumentado, ainda é notório.

Há relativamente pouco tempo, surgiu na imprensa a noticia de que Luciana deveria abandonar em breve o formato por falta de tempo. Segundo se sabe, a SIC optou por não a substituir, deixando assim o seu lugar vazio. É uma noticia que deixa muitos desanimados, pois a também atriz deixou a sua marca no programa, e sem ela, o formato perde algum "brilho" e animação.

"Grande Tarde" prima por ser um talk show divertido, que se tenta afastar dos tramas e das histórias tristes e deprimentes do dia a dia. É um programa com bastantes rubricas, onde se destaca a "Vida de Artista", um espaço que traz a estúdio grandes nomes do teatro, cinema, ficção e que os homenageia.

Este programa diferiencia-se ainda por ter momentos cómicos de ficção, protagonizados ou por João Baião ou por Luciana Abreu. Ambos tem personagens que abordam de forma divertida e critica temas da atualidade.

Como em qualquer programa, o público é obrigado a assistir a 3 minutos de apelo para o "760" várias vezes ao longo da emissão do "Grande Tarde". Esse é um momento chato, que ninguém gosta mas que apesar de ser necessário para as receitas da SIC, poderia ser menos longo e repetitivo. As frases são sempre as mesmas: "ligue, olhe que são só 0.60 centimentos mais IVA!"; "pode pagar as contas com este prémio".

Como já foi referido, "Grande Tarde" ocupa em média a vice-liderança das audiências, perdendo apenas para a SIC. Apesar disso, os números do vespertino continuam abaixo da média do canal.

A TARDE É SUA









Com apresentação de Fátima Lopes, "A Tarde é Sua" estreou na TVI a 3 de janeiro de 2011. O formato veio substituir "As Tardes da Júlia", que na altura era líder do horário.

Neste talk show, podem encontrar-se várias histórias de dramas, emoções e polémicas da atualidade, que servem de exemplo, e quem sabe, até ajuda para o espectador.

Fátima Lopes dispensa apresentações. É uma das melhores e mais conhecidas da sua área. É espontânea, empenhada e mostra que não são só as duplas que funcionam. A Fátima tem um jeito muito especial de apresentar cada programa, pois deixa sempre a sua marca.

Foi uma opção boa para dar cara ao "A Tarde é Sua" mas a verdade é que a estação de Queluz de Baixo também não tinha muitas outras, uma vez que não arrisca ao apostar, por exemplo, na Leonor Poeiras, na Iva Domingues ou na Mónica Jardim.

"A Tarde é Sua" é um programa que vive demasiado de dramas e histórias tristes. Falta algum ritmo ao programa, como temas de bricolage, moda, famosos e culinária. Além disso, momentos musicais não são com este programa.

Ao longo de mais de 1000 programas poucas foram as vezes que o vespertino teve momentos musicais. A musica sempre animou qualquer um e poderia ser um dos pontos fortes d' "A Tarde é Sua". Portugal não é só musica pimba e o canal 4 poderia marcar pontos com este pormenor.

Apesar de ter melhorado a esse nível com as alterações de 2014, o programa de Fátima Lopes necessita de mais rubricas. Atualmente o programa vive apenas da "Máquina da Verdade", do "Sr. Doutor" e do "Capaz Surpresa".

Também realçar o facto deste formato ter poucas ou quase nenhumas reportagens de exterior. Um programa sem exteriores é um programa que não mostra o país sem filtros e esse é outro ponto fraco d' "A Tarde é Sua".

A história do "760" repete-se em qualquer generalista e quase todos os programas. Apesar disso, é na TVI onde os apelos parecem ser mais "secantes" e repetitivos. O canal deveria optar por promover o passatempo menos tempo seguido e de uma forma diferente (como acontecia no "Contacto", SIC, e "Há Tarde", RTP1) onde os apresentadores tinham uma musica para o passatempo.

"A Tarde é Sua" é líder incontestável das tardes e já chegou a marcar tanto como as audiências da RTP1 e SIC somadas. É um caso de sucesso e um formato que agrada ao espectador mas que se tem que renovar, pois no jogo das audiências não se pode fiar!

 PONTUAÇÃO (0-10)
- "Grande Tarde"- 6 PONTOS
- "A Tarde é Sua"-  4 PONTOS

Por: Vitória Margarida

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.