Artigos recentes

"Segunda Opinião" #27 (estreia 3ª temporada)- O que faz Luciana Abreu no "Grande Tarde"?


Estreado a 6 de outubro de 2014, "Grande Tarde" é o sucessor de "Boa Tarde" nas tardes dos dias úteis da estação de Carnaxide. Este programa trouxe João Baião de volta à SIC, que veio para fazer dupla com Andreia Rodrigues e Luciana Abreu (esta última vinda diretamente da novela "Sol de Inverno").

"Grande Tarde" prometia ser um programa diferente, onde as surpresas iriam ser constantes. Baião e Andreia assumiam a condução do talk show, Luciana Abreu seria a co-apresentadora e falaria sobretudo de temas relacionados com a ficção, sendo ainda responsável por alguns momentos musicais.

O novo programa das tardes criou polémica junto dos telespetadores mesmo antes de estrear. Muitos criticaram o final do formato de Conceição Lino, que se revelou sempre um programa diferente e muito apreciado pelo seu público. Apesar disso, a maior polémica envolta do "Grande Tarde" fazia-se através desta pergunta: "O que faz ali Luciana Abreu, que nem sequer é apresentadora?"

A pergunta ainda hoje continua sem uma resposta, mas parece óbvio que uma das principais justificações para a sua escolha prende-se com o facto de ser necessário justificar o seu ordenado na estação, estipulado pelo contrato que havia assinado há pouco tempo com a SIC.

Até agora, Luciana Abreu apenas tinha tido uma experiência na apresentação, em 2008, no programa infantil "Lucy". Lá, a estrela da SIC brilhou ao fazer as delicias das crianças ao fim de semana. Tanto rapazes como raparigas seguiam a sua estrelinha desde os tempos de "Floribella".

Luciana é uma das melhores cantoras em Portugal. Tem uma voz que a faz brilhar e que é capaz de emocionar qualquer um. Luciana também é uma boa atriz, muito versátil e engraçada, com provas dadas em vários projetos televisivos. O que não vimos foi uma Luciana como "grande" apresentadora e foi esse o erro da SIC...

Luciana nunca teve nenhum projeto semelhante, onde se pudesse avaliar o seu desempenho a fim de se perceber se estaria à altura do desafio, mas mesmo assim a SIC deu-lhe o lugar. Mesmo estando a "dar tudo" no novo programa das tardes, que vinha com o objetivo de roubar a liderança à TVI, com o "A Tarde é Sua".

Luciana é engraçada, mas não sabe estar como apresentadora. Está sempre aos saltos e parece que está numa festa, onde todos à sua volta são "surdos" e necessitam que ela fale a gritar. Além disso, no inicio não tentou criar empatia com a Andreia Rodrigues, e isso notava-se. Apesar de melhorar, essa falta de empatia continua a ser claramente visível. Para além disso, é muito comum a cara da estação atrapalhar-se e meter os "pés pelas mãos" durante uma conversa com os convidados.

Antes de colocar Luciana onde está, a SIC deveria ter estudado a sua performance. Deveria ter percebido se ela estava à altura do desafio. Tudo isso evitava a situação que está a acontecer agora, que é a rejeição por grande parte do público. O público está a ficar cansado deste seu registo histriónico. Do mesmo modo, já ninguém consegue ouvir a rubrica da Fátima, a sua personagem em 2013 na novela "Sol de Inverno". Foi engraçada? Foi, mas está mais que ultrapassada.

É pena ver que a Luciana está novamente a perder o carinho do público e a ser rejeitada. É pena pois ela é jovem e tem muito talento para dar. Com tantas caras disponíveis na estação e com provas dadas na apresentação, porque é que a escolha recaiu sobre Luciana? Se hoje fazemos a pergunta "O que faz Luciana Abreu no "Grande Tarde"?", podemos culpar em parte a SIC, que simplesmente "jogou" o seu nome para o horário das 14h45. E esta escolha só tem conseguido prejudicar a estação e a própria imagem de Luciana Abreu.

* Não se esqueça de votar na sondagem para decidir o tema da próxima semana.

Por: Marco Filipe (Diário da TV)
Uma rubrica com a parceria do "Fantastic Televisão"

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.