Artigos recentes

"Dá que Falar" #20- O fim d' "O Preço (In)Certo"


No passado dia 28 de janeiro eu, através de outra página, dava a notícia em Exclusivo: O novo presidente da RTP - Gonçalo Reis - quer acabar com vários programas da RTP1, entre eles "O Preço Certo".

A notícia caiu que nem uma bomba. Uma semana depois, o resto da imprensa acordava do coma e

começou a noticiar o que eu já tinha noticiado. A revista VIP até foi ouvir Fernando Mendes que se mostrou espantado e contra esta intenção

Esta semana, eu, em mais um Exclusivo, dou conta da nova investida da SIC em tentar, pela segunda vez, "roubar" "O Preço Certo" e Fernando Mendes à RTP1. Ora isto de inocente nada tem, ou não fosse o novo presidente da RTP uma pessoa com ligações ao PSD e ao Pinto Balsemão, o dono da SIC.

Ora bem, contada esta inicial introdução, vamos ao resto. Gonçalo Reis quer acabar com "O Preço Certo" que no ano passado foi o programa da televisão portuguesa que mais retorno trouxe no que diz respeito à publicidade.

Quer acabar com o programa que está, quase todos os dias, no Top 5 Nacional.

Quer acabar com o programa que é líder há 12 anos consecutivos e que nem a "Casa dos Segredos- Diário" conseguiu fazer mossa.

Quer acabar com um fenómeno televisivo que já foi alvo de estudo por vários canais internacionais. Quer acabar com a festa que é "O Preço Certo" e que tanta alegria trás a quem vê o programa.

Quer acabar com aquela hora em que as pessoas que vivem sozinhas, que partilham a sua vida com a solidão, esquecem tudo e voltam a sorrir.

Quer acabar com o programa que as pessoas mais velhas elegeram como o melhor formato para esquecer as tristezas da vida.

Quer acabar com o formato que passa por tantos lares a fora neste nosso pequeno, grande Portugal.

Quer acabar com o programa que muitas pessoas com algum tipo de deficiência escolhem para colocar o lado menos positivo da sua vida para trás das costas.

A hora d' "O Preço Certo" da RTP1 é uma hora sagrada na vida de muitos portugueses. É uma hora indispensável para a própria estação pública. É um erro pensar em acabar com este fenómeno mundial que não tem igual.

Já aqui disse várias vezes e, volto a dizer: se "O Preço Certo" não é serviço público, então não sei o que será um programa que serve os portugueses que pagam a taxa de audiovisual.

A RTP1, é um canal designado como Comercial, logo, deve dar aquilo que os portugueses gostam e querem ver.

Para o público eclético, elitista, existe sempre uma RTP2 que quase ninguém vê, porque se fosse aquele tipo de programação que os portugueses gostassem de ver, a RTP2 seria o canal mais visto e está muito longe disso.

A RTP não pode ser colocada ao serviço das privadas, tal como Gonçalo Reis disse no seu discurso de tomada de posse.

Os portugueses é que sabem o que querem ver, não acha caro Gonçalo Reis?

Querem acabar com a RTP, porque incomada muito gente, e não sabem como. E assim vai o meio audiovisual no nosso país...


(Re)veja também "Dá que Falar" #13- O fenómeno Mendes. Até para a semana!

Por: Rui Miguel

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.