Artigos recentes

"Segunda Opinião" #6- Portugal (s)em Festa?


Verão de 2013. A SIC aposta forte naquele que prometia ser o novo grande formato dos fins-de-semana da estação. Era o regresso de José Figueiras e Rita Ferro Rodrigues à antena da SIC, com um papel regular num programa de entretenimento. Era o regresso do grande entretenimento às tardes de domingo da SIC (depois do extinto "Big Show SIC" ter passado por lá, há já alguns anos atrás). Era o fim de uma era em que o cinema da SIC liderava as audiências e fazia a delícia de muitos telespetadores.

Seria o programa perfeito para renovar a grelha da SIC, contudo acabou por se revelar um dos maiores fracassos da televisão de Carnaxide nos últimos anos. O caminho a seguir foi o mais fácil: pegar nos formatos da concorrência, ‘baralha-los’ e voltar a dá-los com outro nome e outras caras, mas com o mesmo conteúdo. Se bem que até o nome pouco ou nada trouxe de novo à televisão: entre "Somos Portugal", "Aqui Portugal" ou "Portugal em Festa", a diferença parece ser quase inexistente - e os formatos também.

A caravana da SIC passou a viajar de norte a sul do país, levando até ao público as tradições portuguesas, mostrando as festas e romarias do nosso Portugal, divulgando a música popular portuguesa e oferecendo muito dinheiro aos portugueses. Mas… isso não era exatamente o mesmo que a TVI fazia, há já vários meses, no mesmo horário? Sim, era. E por isso mesmo o público nunca trocou o programa de Queluz pelo formato da SIC.

"Portugal em Festa" (ou será "sem" festa?) revelou-se um verdadeiro fracasso de audiências. Nunca se conseguiu impor, desceu drasticamente os valores das tardes de domingo da SIC e atualmente regista sempre valores abaixo dos 15% de share, ficando mesmo atrás da RTP1 em muitas ocasiões. Este ano, o regresso de João Baião à SIC foi motivo para renovar o programa… uma renovação que mais uma vez foi só "para a fotografia". O que mudou foi apenas a apresentação, pois tudo o resto continuou na mesma.

À SIC, vale o dinheiro conseguido com as chamadas que os telespetadores vão fazendo semana após semana à espera de ganhar um grande prémio no "760". Porque este dinheiro é o único motivo plausível para este programa continuar a ser uma aposta, numa altura em que os resultados são cada vez piores – e até a concorrente direta, a TVI, apesar de liderar no horário vai mostrando sinais de desgaste e cansaço junto dos telespetadores.

Com o intuito de se aproximar dos telespetadores e de, ao mesmo tempo, criar uma fonte de lucro
rápida e fácil a SIC caiu no erro de mostrar mais do mesmo. Mas as pessoas que vêm televisão já não se limitam a ver o que lhe mostram. Numa altura em que os canais por cabo são os reis do fim-de-semana, em que os filmes neles emitidos são muitas vezes a preferência dos telespetadores, quanto tempo demorará a SIC a perceber que Portugal não está (nem nunca esteve) realmente em Festa com este programa?

Por: Fantastic TV
Uma rubrica com a parceria do "Fantastic Televisão"

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.