Artigos recentes

"Segunda Opinião" #2- As novelas de sábado à noite


As grelhas noturnas de sábado na televisão portuguesa continuam a não agradar a muitos portugueses. O motivo? O facto de serem emitidas, neste dia, as mesmas novelas que de segunda a sexta preenchem todo o horário nobre dos canais generalistas portugueses. RTP1, SIC e TVI… afinal, qual destas estações nos apresenta a melhor oferta ao sábado? Recuemos uns meses…

Março de 2014. A TVI aposta, pela primeira vez em muito tempo, num formato de entretenimento para as noites de sábado. Se excluirmos as apostas nos diários e compactos do “Secret Story”, há muito tempo que não víamos um programa como o "Masterchef" emitido naquela faixa horária. Diferente, assertivo e vencedor. Poderiam ser estes os adjetivos que descreveriam este programa, apresentador por Manuel Luís Goucha. O conteúdo interessou, o apresentador conquistou e "Masterchef Portugal" tornou-se rapidamente num sucesso de audiências. Eram as noites de fim-de-semana da TVI dedicadas ao entretenimento, com as telenovelas reservadas para o horário de segunda a sexta.
Em maio, a SIC apostava naquele que prometia ser um dos mais revolucionários programas de fim-de-semana da estação. "Sabadabadão", com a Júlia e o Baião (assim diziam as promoções do programa) era o programa que marcava o regresso do eterno apresentador do "Big Show SIC" à estação de Carnaxide. O formato, adaptado do original "Saturday Night Takeaway" só se impós nas audiências na primeira emissão, caindo depois a pique. Segundo Júlia Pinheiro, o problema foi o timing de estreia do programa: concorreu contra a fase final de "Masterchef Portugal" na TVI e os jogos do Mundial da RTP1.
Chegou o verão. Noites de sábado renovadas em Carnaxide. Mário Daniel fazia regressar o formato "Minutos Mágicos", João Manzarra e companhia estreavam a sitcom "Sal" e "Os Vídelos Mais Loucos do Guinness" fechavam os serões com João Ricardo e Rita Andrade na condução. Nas primeiras semanas, as audiências foram razoáveis, mas rapidamente os formatos perderam para a concorrência. Já na TVI, com o final de "Masterchef Portugal", regressaram as telenovelas habituais. De segunda a sábado, "O Beijo do Escorpião", "Belmonte" ou "Mulheres" faziam as honras da casa e agarravam milhares de espetadores à televisão. A programação à qual a TVI já nos habituou.

Setembro, o mês da mudança. Com o final dos formatos de verão, surge novamente a dúvida: em que género de programa irá a SIC apostar para as noites de sábado? E eis que a resposta surge rapidamente: novelas! Na teoria, seria uma medida criticável, pois sendo o sábado um dia que, por excelência, deveria ser dedicado a uma programação diferente e para toda a família, tornar-se-ia intolerável vermos os serões preenchidos com os mesmos programas que vão para o ar de segunda a sexta. Novelas, novelas, novelas… De segunda a sexta à tarde e à noite…. E agora também ao sábado?
Na TVI, a recém-chegada “Jardins Proibidos” junta-se aos resumos do "Secret Story" (a chamada "novela da vida real"), que de novo também não têm nada. "Diário de Sábado" (nome estranho, não?), novela e depois "Resumo da semana" (que não é mais do que uma repetição dos diários de toda a semana, incluindo o que deu minutos antes no mesmo canal).

Enquanto isto, a RTP1 vai apresentando uma programação um pouco instável. O "Sabe ou Não Sabe" agarrou as noites de sábado até meados de setembro. Durante todo este período, o horário do programa variou muito, principalmente na altura em que o "Mundial de Futebol" ia para o ar na estação. Em setembro, chega o "Chefs' Academy" para preencher o horário. Neste ponto, a RTP soma e segue, por ser a única estação a esquivar-se das telenovelas ao sábado. Em contrapartida, de segunda a sexta as séries diárias (novelas!) da estação pública vão para o ar ao mesmo tempo que as da concorrência.
Que as telenovelas invadiram as noites de sábado nas privadas, disso não há dúvida. Mas mais grave do que isso, é o facto de segunda a sexta não haver escolha entre a RTP1, SIC e TVI. Quem não gosta deste género televisivo, entre as 21h e as 23h cinge-se à RTP2… ou ao Cabo, que cada vez mais vai ganhando espetadores em horário nobre. Porque a falta de imaginação é cada vez mais uma constante nas grelhas de sábado, mas a verdade é que o público parece gostar, basta ver os resultados. E enquanto isso acontecer, nada irá mudar nas noites de sábado da televisão portuguesa.
  
Por: Fantastic TV
Uma rubrica com a parceria do "Fantastic Televisão"

Diário da TV Designed by Templateism.com Copyright © 2014

© Copyright DiáriodaTV . Imagens do modelo de 5ugarless. Tecnologia do Blogger.